sábado, 3 de novembro de 2007

Odair José - Filho de José e Maria - 1977


RARISSIMO,RARISSIMO,RARISSIMO,!!!!!

Cantor e compositor, Odair José de Araújo nasceu em Morrinhos, no Estado de Goiás. Já aos 10 anos de idade tocava violão, piano e gaita. Aos 12, ao lado do Amigo Demetrius (não confundir com o cantor dos anos 60), formou uma dupla que tocava música sertaneja. Demetrius faleceria pouco tempo depois devido a uma reação alérgica a uma injeção.
Odair se mudou para a capital do estado, Goiania, onde continuou a se dedicar ao aprendizado da musica e começou a compor. Quando compltou 18 anos, foi para ao Rio de Janeiro com um sonho, o de tornar-se cantor profissional. Mas a vida no Rio nao foi nada facil para Odair. Em alguns periodos teve que dormir na rua e trabalhar em inferninhos e boates "barra-pesadas". Mas foi graças a essa vivencia na noite que Odair lapidou um estilo de cantar e modo de compor único e marcante. Especializou-se em narrar as mazelas dos mais desafortunados,como as empregadas domesticas, operarios, deprimidos e apaixonados, foi maldosamente apelidado de "terror das empregadas domesticas", por ter esse publico muita aceitação.Chegou a participar de dois shows, um no Rio e outro em Sao Paulo, em apoio a regulamentação da profissao dessa categoria.
Enquanto Odair dava apoio a uma causa nobre, faziam parte sobre sua musica e estilo nas altas rodas "intelectuais" da musica. Apesar disso, ao lado de Caetano Veloso, participou da Mostra Phono 73, interpretando juntos a musica Vou Tirar Voce deste Lugar.
Desde o final dos anos 60, Odair começou a ter problemas com o orgão repressor oficial do pais na epoca da ditadura. Varias letras de sua autoria foram dilaceradas, desmembradas e proibidas pelos agentes de censura. Mas Odair nao se dava por vencido e seguia compondo e cantando. Talvez a musica mais emblematica da carreira de compositor de Odair seja Uma Vida Só, tambem conhecida como Pare de Tomar a Pilula.
Quando lançou a canção em 73, o Brasil passava peloseu mais nefasto periodo de repressão a liberdade civil. Estudantes eram torturados até a morte, jornalistas,assassinados e militantes de esquerda desapareciam sem deixar rastro, muito deles jogados de um helicoptero em alto-mar, após longas sessções de tortura. O Governo estava em franca campanha de cntrole de natalidade nas classes mais pobres por meio da Benfam, entidade patrocinada pelos militares com verba vinda do exterior para "conter" o aumento da pobreza.A ferramenta para isso era o DIU (dispositivo intra-uterino) e a pilula anticoncepcional. Odair alheio a tudo isso, queria cantas suas canções de amor. Para furia os censores, a canção Pare de Tomar a Pilula, tornou-se um mega-sucesso, sendo executada milhares de vezes em radios de todo pais. Mas os militares nao deixaramaquela "afronta" passar em brancas nuvens, e a musica foi proibida nacionalmente.
Assustado com a repercussão do caso, Odair fixou residencia na Inglaterra, voltando ao Brasil varias vezes para shows e compromisso pessoais, impondo-se um auto-exilio, até a poeira baixar. Pare de Tomar a Pilula foi uma das poucas composições brasileiras a ser proibida em diversos paises da America Latina.
Odair já havia envolvido-se em um escandalo de grande repercussão devido a uma briga com a ex-esposa, a cantora Diana. Segundo o que relata o proprio, o casal ja estava em processo de separação e Diana foi até o apartamento onde moravam retirar alguns objetos pessoais.Naquele momento, o cantor estava ao telefone com a cantora Rosemary, falando sobre uma musica que estava compondo pra ela. Diana teria agredido Odair com uma garrafa de uisque, produzindo um corte em sua testa. No dia seguinte, os jornais de todo pais relatavam o fato nas manchetes. Odair decidiu viajar pra Londres e ficar por lá até aquele periodo turbulento cessar.O que ao certo ocorreu naquele dia, somente os dois sabem.
De volta ao Brasil, Odair retomou a carreira e voltou a ter problemas, dessa vez com a igreja catolica. Sua musica: Cristo Quem é Você, enfureceu o clero e as comunidades catolicas mais fervorosas. Foi quase excomungado, sofre tentativa de linxamento e teve que ouvir muitos palavrões, mas Odair passou por tudo isso e continuou criticando a igreja.
Numa atitude ousada para a epoca gravou o LP: O Filho de José e Maria, em 1977. Tratava-se de uma Opera Rock (A primeira do Brasil), com musicas polemicas contado o nascimento, a vida e a morte de um homossexual que resolve assumir sua opção aos 33 anos e encontra a felicidade. Esse personagem era o tal filho de José e Maria. A musica:O Casamento, deixou os padres em furia, pois dizia que José e Maria eram nao casados quando do nascimento de Jesus. Odair acabou excomungado, e o disco, banido.
No ano seguinte Odair volta com um disco tradicional intitulado: Coisa Simples, numa clara tentativa de superar toda aquela polemica do disco anterior.
A partir dai continuou compondos canções romanticas durante as decadas de 80 e 90.
Nos anos 2000 alcançou o status de artista "cult". Ganhou homenagens, fez comerciais de tv, gravaram disco em tributos em sua carreira, surgiram bandas "cover", tocando suas musicas.
A gravadora goian Allegro Discos organizou um cd com diversos artistas pop da nova geração interpretando musicas do repertorio de Odair José. Esse disco intitulado "Vou Tirar Você deste Lugar" teve a participação d bandas como Monbojó, Leela, Los Pirata, além de Pato Fu, Zeca Baleiro e Paulo Miklos, entre outros. O disco ficou entre os quatro melhores de 2006, eleitos pela revista Bizz, em uma lista de 100 cds indicados. Odair José agora é pop e merecidamente respeitado!
Download: Odair José - Filho de José e Maria - 1977

Um comentário:

Gilmar disse...

Estava eu ouvindo a coletânea "As 20 Mais" de Odair José e me lembrei desta pérola aqui.
No mesmo instante lembrei de um site que poderia ter o disco e PIMBA!
Taí ele.
Meus parabéns pelo site e muito obrigado por todo esse conteúdo da nossa cultura.
Té.