quinta-feira, 8 de maio de 2008

Nelson Cavaquinho,Candeia,Guilherme de Brito e Elton Medeiros - Quatro Grandes do Samba - 1977


Nao tenho palavras para este disco, somente ouvindo pra terem a noçao do que é e do que eles querem nos passar, perfeito, maravilhoso, obrigatorio na discoteca de todos, entao Deleitem-se!!!
Saravá!!!
Lado B

Este disco foi gravado em 1977 e relançado na coleção 100 de música da RCA há pouco tempo atrás. Até então só no Japão era possível encontrá-lo em CD. Como diz o texto do encarte escrito por Moacyr Andrade, trata-se de um registro histórico do cancioneiro de quatro artistas legítimos do povo. Acredito ser esta a razão da acessibilidade que o disco oferece a todos os ouvidos apreciadores da música brasileira, mesmo para aqueles que estão iniciando no repertório do samba de raiz.
A empatia imediata que as gravações dos quatro grandes causa ao serem ouvidas contagia por todos os lados: desde as letras que representam uma amostra da poesia do povo - seja na melancolia e sofreguidão da poesia da dupla Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito, seja no caráter eufórico dos partidos-altos de Candeia, onde é irresistível não requebrar.

Download: Nelson Cavaquinho,Candeia,Guilherme de Brito e Elton Medeiros - Quatro Grandes do Samba - 1977

3 comentários:

Sérgio disse...

Meu caro amigo, é com muita tristeza que recebo a notícia da extinção do blog, logo no meu primeiro acesso. Concordo com você plenamente, pois no mundo em que vivemos atualmente, uma palavra de apoio, um elogio, valem mais que mil vinténs (já dizia meu avô). Gostaria de dar os parabéns pela sua iniciativa e dizer que, infelizmente, o agradecimento, o reconhecimento, já não fazem parte da pobre e quase extinta (esta sim) espécie humana. Não desista dos seus sonhos, pela arrogância e ganâncias dos outros. Um abraço.

Sergiotuta
BHte - MG.

Nailo disse...

Pessoal, é inacreditável que um trabalho tão maravilhoso será extinto.
Quanta pesquisa!!!
Que seleção incrível!!!
Fico com um sentimento de culpa, pois também, já fiz diversos downloads e nunca postei um comentário.
Na minha opinião acho que não deveriam desistir.Isto vai representar a perda de um acervo importantíssimo para a música brasileira.
Abraços

Yerblues disse...

Eu não sei sobre as idas e vindas do Blog, mas esse disco... eu vou te falar um negócio, o sujeito que não se emociona com Guilherme de Brito cantando A Flor e o Espinho, que não morre de rir com Candeia tirando onda com o soul, que não fica estatelado com Élton Medeiros cantando Sem ilusão, pode desistir, é gringo... ou pior: é "brazileiro"... superpost. obrigado.